Branding Pessoal do Fotógrafo

Atualizado: Out 20





A gente escuta muito falar sobre o branding de uma empresa, que é a ideia, o conceito, as estratégias da marca para criar identificação e vínculos com seus potenciais clientes.

Quando uma empresa tem seu branding bem feito, aquela marca fixa na mente de uma forma tão poderosa, que mesmo sem conhecer muito a respeito, você sabe do que se trata.


Desenvolver o branding é essencial porque traduz a essência do negócio. O propósito de uma empresa que vai alem de obter lucros e é com esse propósito que as pessoas se conectam.


O fotógrafo já tem dificuldades em se ver empresário, a maioria ainda trabalha de forma amadora.

E eu não estou falando de possuir equipamentos profissionais.

Estou falando de se enxergar empresário, de se ver empresa, ou seja, uma instituição com influencias e responsabilidades que vão além das simples opiniões pessoais.


Não é todo mundo que cria uma empresa junto com outros sócios, como por exemplos os estúdios ou produtoras.

A maioria segue carreira como fotógrafo autônomo e nesse caso trabalhamos o branding pessoal do artista.


Vou trazer então alguns motivos para você começar a desenvolver seu branding e os possíveis caminhos que vão te ajudar a ter uma presença maior no seu mercado e a fortalecer a sua marca pessoal.


Motivos para desenvolver seu branding pessoal como fotógrafo


+ Maior identificação do público

Quanto mais a sua personalidade e a sua causa ficam explícitas, mais você atrai o público certo que se identifica com você.


+ Destaque na multidão

Numa multidão de novos fotógrafos nascendo todos os dias, um nome forte nunca se abala não importa se o ano é de crise, se tem muito concorrente, se a sua cidade é pequena.


+ Consistência

Quando você começa a trabalhar o proposito da sua marca, você não perde o foco. É muito comum o fotógrafo ficar perdido pelo caminho e começar a atirar para todos os lados para pegar jobs novos, mas eu te digo que isso mais te distrai do que te ajuda.

Tem consistencia no trabalho passa confiança e te ajuda a construir um negócio sólido por mais tempo.


+ Autoridade

Um nome forte atrai quem gosta e quem não gosta de se arriscar. Construindo a sua autoridade em cima de uma imagem consistente, você é melhor reconhecido e consequentemente melhor pago.


+ Valorização

Na maioria das vezes, clientes que pretendem investir mais caro num serviço não gostam de arriscar com marcas desconhecidas. Se a sua marca passa confiança, experiencia, consistência e mostra que tem personalidade e bom gosto, dificilmente terão clientes pechinchando ou comparando seu preço.


Eu sugiro sempre que você procure um mentor para te ajudar a desenvolver a sua marca pessoal, não só pela experiencia, mas porque o artista tem dificuldade em enxergar seus próprios talentos e fragilidades.


Caminhos para desenvolver seu branding pessoal


1. Definir o propósito do seu negócio

Definir Missão, Visão e Valores do seu negócio pode te ajudar a encontrar um propósito.


Dica: O propósito não é ganhar dinheiro. Isso é consequência.

Alunos engraçadinhos mandam essa logo de cara e eu já te digo que esse pensamento não te ajuda.

O propósito normalmente está ligado a uma motivação mais profunda.

Aquilo que não vai se apagar quando os desafios chegarem e os pensamentos negativos tomarem conta. O que é absolutamente normal em qualquer carreira.


2. Personalidade da Marca

Para quem você está falando e qual é a linguagem que você usa com essas pessoas?

É importante ter isso bem definido. Clientes estranham muito se você numa hora se comunica de forma poética e depois de forma informal.


3. Conheça seus valores além da fotografia

O que você oferece além de um serviço fotográfico? Porque um cliente deveria escolher você? O que ele ganha a mais com isso?

Saiba quais são seus valores e deixe isso claro a todo o momento através da sua comunicação até que a sua marca se empreguine com a imagem desses valores.


4. Identidade Visual

As cores, a tipografia, os símbolos que você vai utilizar ao longo da sua carreira precisam traduzir a essência do projeto. Uma boa identidade visual pode durar para vida inteira, o que reforça ainda mais o seu nome e consequentemente traz mais visibilidade para os seus projetos.


5.Estratégias

Tendo todas as etapas bem definidas, você já começa a ter mais clareza de como vai colocar seu projeto em prática. Agora você já tem noção de onde seu público se encontra, como se ele comunica, porque ele compraria de você e quais seus valores além de um serviço fotográfico.


Esses caminhos vão te ajudar a criar um nome forte e você já começa a construir aqui um negócio de fotografia sólido e consistente no mercado artístico.

Espero que tenha gostado desse artigo.


Para construir isso tudo com a ajuda de um especialista e mentor, entre em contato e aplique para a mentoria para fotógrafos com Juliana Rizieri.





SOBRE A AUTORA


Eu sou a Ju Rizieri, artista, fotógrafa, terapeuta e fundadora da Old Love e do Fotografia Essencial. 

Hoje eu vivo do que amo fazer, tenho uma profissão que me proporciona liberdade e ensino outras pessoas a viverem de suas artes também.


Acompanhe meus trabalhos em outras redes:

INSTAGRAM DO FOTOGRAFIA ESSENCIAL

INSTAGRAM DA JU RIZIERI




#cursodefotografia #workshopdefotografia #mentoriaparafotografos #fotografiacomonegocio #marketingparafotografos