Lição: 5 Passos para sair do amadorismo na fotografia e caminhar rumo ao SUCESSO.

Esses dias foi chá de cozinha de uma amiga e ajudei ela com os preparativos.

Um deles era fazer uma bolachinhas enfeitadas em forma de coração.

 

Foi muito divertido porque juntou a família toda em volta da mesa e a gente pegou uns tutoriais no youtube.

 

As primeiras ficaram terríveis!Hahaha


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas foram melhorando até que as últimas ficaram tão perfeitas que todo mundo começou a exclamar: Nossa, a gente deveria fazer isso profissionalmente!

A gente ia vender muito!

 

Quantas vezes a gente faz isso?

É só fazer algo mais ou menos bom e já temos a ideia de começar a trabalhar com isso.

 

ESSA É A MAIORIA DAS HISTÓRIAS DOS FOTÓGRAFOS.

Começou fazendo umas fotos legais, aprendeu algumas técnicas, as tias já nomearam fotógrafo oficial da família.

 

Você se apaixona, a fotografia começa a te trazer prazer e orgulho e você pensa "MAS É CLARO! VOU VIVER DISSO!"

 

Só que vou te contar um segredo: Pra viver de fotografia não basta gostar de fotografar!

 

É muito legal fazer bolachinhas em família de vez em quando, dando risada quando sai errado, fazendo a maior lambança...

 

Mas viver disso consiste em: Manter a sanidade quando tudo tá saindo errado e a conta de luz tá pra vencer.

Aí você já perdeu produto, teve desperdício, fez conta errada.

Além de tudo, já está trabalhando sábado e domingo e ainda não chegou nem na metade da sua meta.

 

SEM PREPARO, AS BOLACHINHAS QUE SÃO SEU HOBBY, VÃO VIRAR SEU PESADELO!

 

Existe uma frase que diz:

 

"Trabalhe com o que você ama e nunca mais terá que trabalhar de novo".

 

Em uma fase bem tensa da minha vida, eu tomei a liberdade de adaptar essa frase pra minha realidade que era:

 

"Trabalhe com o que você ama e nunca mais vai querer amar nada na vida".

 

Eu amava fotografia, mas ela não me trazia alegria. Não me trazia dinheiro. Não me dava a sensação de sucesso, só de pressão e estresse.

 

Isso é muito comum!

8 de 10 dos meus alunos chegam no curso assim.

 

Depois de anos errando e aprendendo, dando e tendo aulas, mentorias, observando cada caso, tracei ALGUNS PASSOS essenciais para deixar de ser um fotógrafo mediano e se tornar um verdadeiro FOTÓGRAFO DE SUCESSO.

 

Aqui são elas:

 

  1. Autodesenvolvimento

 

O mercado pro fotógrafo ainda é uma bagunça.

Não tem regras, é tipo um vale tudo e tem gente de todo tipo concorrendo com você.

Pra você ter noção, um dos grupos de fotógrafos profissionais de Ribeirão Preto tem mais de 600 membros!

Você precisa se colocar como prioridade.

O maior investimento tem que ser em você, no seu desenvolvimento, no seu conhecimento.

Ligue o modo curioso da vida.

Assista a tutoriais, a conteúdo de qualidade.

Tem muito curso online legal, gratuitos e pagos.

Mas não só de fotografia! APRENDA SOBRE TUDO!

 

2. Entenda que para ter sucesso não basta saber fotografar.

 

Você precisa de uma vez por todas aprender a vender direito.

Tem que ter o mínimo de entendimento em administração para não cometer erros que podem te levar a grandes problemas.

Precisa aprender a fazer parcerias que te elevem.

Entender como se comunicar com seu público para ser mais assertivo e principalmente seguir uma linguagem e estilo.

Começar a se conhecer para saber lidar com suas próprias emoções e com o emocional do seu cliente.

Saber pelo o amor de Deus a cuidar melhor do seu dinheiro.


 

3. Ser explorador.

 

A área da fotografia é muito ampla.

Você pode fotografar nascimento ou pode fotografar a morte.

 

"Ah, mas eu adoro criança, quero fotografar crianças"

 

Ótimo, para fotografar crianças no mínimo vc precisa ter habilidade com elas, mas será que vc tem habilidade para lidar com mãe da criança?

Porque é com ela que você vai negociar.

É a língua dela que você tem que falar na hora de vender.

 

Será que você quer abrir mão dos seus finais de semana pra fotografar festinha?

 

Então a minha sugestão é: experimente de tudo!

E para experimentar de tudo talvez você tenha que se submeter a certas coisas como fotografar de graça algumas vezes.


 

4. Ser criativo

Criatividade não é dom.

Criatividade é habilidade e você pode desenvolver.

Criatividade basicamente é voltar a ser criança.

Estar curioso pelo vida, explorar, se inspirar.

 

A sua fotografia é muito mais composta pelas coisas que você consome do que pelas técnicas que vc aprende.

 

Vamos fazer um teste?

Pega um fotógrafo que você admira.

Um artista referência pra você, que te inspira, que é onde você deseja chegar.

E tenta imaginar do que essa pessoa se nutre.

Se pergunte: o que ela faz?

Qual o estilo de vida que ela segue para ser essa pessoa?

E olha pra sua vida e veja se é compatível.

Se, fazendo o que você faz hoje, é possível chegar a um trabalho legal um dia e ser referência?

E então o que você precisa passar a fazer ou DEIXAR de fazer para ter mais coerência entre o que você vive e o que você sonha.


 

5. Ser verdadeiro

 

COM OUTROS PROFISSIONAIS

Seja ético, seja claro, se envolva de forma saudável.

Acredite em mim: Profissionais que se ajudam crescem!

Profissionais que se enxergam como concorrentes até sobrevivem, mas na miséria.

 

SEJA VERDADEIRO COM QUEM VOCÊ ESTÁ FOTOGRAFANDO

Se por acaso a pessoa se sentir julgada de alguma forma (e vai por mim, isso é muito fácil de ser percebido) ela não vai se abrir pra você.

 

Nem mesmo uma criança!

 

Por isso, observe e seja crítico com as suas crenças.

 

Se quer trabalhar com retratos femininos por exemplo, revise como você enxerga a mulher.

 

Se pra você existe um padrões de beleza alinhados com a mídia, porque na hora de fotografar uma gordinha por exemplo, você vai ver tudo, menos a beleza dela e isso além de frustrá-la vai deixa-la traumatizada.

 

Lembre-se: você está fotografando seres humanos! Enxergue-os

 

SEJA VERDADEIRO COM VOCÊ MESMO.

Eu passei por uma crise há uns anos atrás.

Eu fiz um bom nome na minha cidade, tinha uma quantidade suficiente de casamentos por ano, casamentos sempre foi algo que eu gostava de fazer.

 

Mas eu continuava infeliz. Alguma coisa não preenchia.

 

Com muito autoconhecimento eu percebi que não estava sendo verdadeira.

 

Eu ainda enxergava a fotografia como simplesmente a minha fonte de renda.

E tive que buscar sentido nela.

 

Foi quando eu comecei a olhar pra mim e pro ser humano.

E descobri várias crenças que me limitavam a abrir o coração e consequentemente me fechavam pro mundo.

 

A história é longa e ainda vou contar sobre ela em outra oportunidade, mas resumidamente eu tive uma transformação na minha vida.

 

E hoje, além de felicidade e satisfação eu me considero uma fotógrafa de sucesso e quero que VOCÊ TAMBÉM SEJA!


 

Por isso elaborei um treinamento que VAI DIRETO AO PONTO.

Onde você vai aprender a estruturar a sua carreira saindo do amadorismo, ganhando dinheiro e fazendo um trabalho artístico que toca e impacta a vida das pessoas.

 

São 4 dias de imersão se desenvolvendo e aprendendo as ferramentas que realmente fazem a diferença.

 

Quer fazer parte dessa turma que caminha mais rápido pro sucesso?

Conheça a Imersão Fotografia Essencial

Inscrições Abertas

12 vagas apenas